Como consertar micro-ondas: veja 5 reparos que você pode fazer | Triider
Quer aprender como consertar micro-ondas? Primeiramente, é preciso descobrir o defeito e, então, acertar na troca das peças!

O aparelho não esquenta? A luz não acende? Estão saindo faíscas? Calma! Problemas em eletrodomésticos são muito mais comuns do que a gente imagina — e, muitas vezes, não conseguimos dar conta do recado sozinhos.

Mas, dependendo do defeito, é possível fazer o conserto por conta própria. Neste artigo, você vai descobrir como consertar micro-ondas com eficiência e agilidade. Porém, antes de tudo, já vamos dar a dica principal: proteja-se.

Coloque luvas antiestática e antichoque para descarregar o capacitor de alta-tensão do aparelho, assim você poderá fazer os eventuais reparos sem se colocar em risco. Vamos lá?

Quais são os defeitos mais comuns em micro-ondas?

como consertar micro-ondas, micro-ondas estragado

Saber quais são os principais defeitos que o aparelho pode apresentar nos ajuda a identificá-los e, consequentemente, a fazer o conserto mais indicado conforme o caso. Por exemplo: o fato de a luz interna do micro-ondas não acender nem sempre significa um problema. Isso pode ser apenas a lâmpada queimada.

Já os quadros mais graves, como barulhos incomuns durante o funcionamento, podem sim indicar defeitos internos no eletrodoméstico. Se você está receoso quanto a esses sinais e não se sente seguro para averiguá-los sozinho, não se preocupe. Basta recorrer a uma assistência técnica de micro-ondas e deixar o serviço nas mãos de quem entende do assunto.

Como consertar micro-ondas?

como consertar microondas, microondas estragado

Caso você tenha conhecimento sobre o aparelho e se sinta habilitado para fazer o conserto, pode colocar a mão na massa conforme as cinco dicas abaixo. Mas atenção: como citado no início deste artigo, jamais descuide de sua própria segurança.

1. Trocando o fusível

Tecnicamente, o fusível é um dispositivo de segurança que tem a função de cortar o fluxo de uma corrente elétrica quando ela é muito intensa. Esse corte é o que vai proteger a instalação de sofrer um curto-circuito. Portanto, caso o seu micro-ondas não esteja ligando, a primeira coisa que você deve verificar é o fusível.

Para encontrá-lo, retire o gabinete externo do equipamento e siga o cabo de alimentação da unidade, que levará ao invólucro de vidro que abriga o fusível. Remova a peça e, então, vá até uma loja de eletrônicos para comprar outra idêntica à original. Se você tiver o manual do aparelho, é muito provável que o tipo de fusível do seu micro-ondas também esteja descrito ali.

Adquirida a nova peça, basta realizar a troca normalmente, recolocando o gabinete e religando o aparelho para testar. Se, no momento em que você for verificar o fusível, ele estiver em perfeitas condições (com as lâminas intactas), o problema pode ser outro: o interruptor da porta.

Nesse caso, para testá-lo, é necessário retirar a capa protetora externa do eletrodoméstico e o painel frontal. Depois, verifique a mola e a trava do interruptor para ver se as peças estão encaixando perfeitamente na porta. Em caso negativo, substitua-as por modelos idênticos.

No entanto, se você não tiver certeza se esse é o defeito de fato, o melhor a fazer é recorrer a uma assistência técnica para identificar e tratar o problema com precisão e segurança. Inclusive, uma boa sugestão é aproveitar um aplicativo de prestação de serviços para resolver tudo de forma muito mais rápida e prática.

2. Verificando a plataforma giratória

Esse é outro problema bastante comum quando o assunto é o conserto de micro-ondas. Afinal, a plataforma giratória é uma das peças que mais dá defeito no equipamento. Contudo, antes de trocá-la, verifique se a guia está alinhada de forma correta ou se há restos de comida presos a ela, o que poderia comprometer seu funcionamento.

Realizar essa tarefa é bem simples: basta retirar a bandeja da plataforma e fazer a lavagem normalmente, com água morna e detergente neutro. Limpe também a parte interna do aparelho, com atenção especial à cavidade da plataforma giratória e às rodinhas nas quais ela se encaixa.

Recoloque a bandeja e teste o micro-ondas. Se ele realmente não estiver funcionando, pode ser que haja um problema interno no motor giratório. Nessa situação, caso você não tenha conhecimento sobre a peça, o melhor a ser feito é procurar por um profissional habilitado para auxiliá-lo.

3. Substituindo o diodo de potência

Seu micro-ondas não está aquecendo como devia ou você percebeu um barulho estranho durante o funcionamento do aparelho? Esses podem ser sinais de defeito no diodo de potência. Estamos falando de nada mais do que o componente eletrônico por onde passa a corrente elétrica em uma única direção, enquanto o fluxo contrário é bloqueado.

Para trocá-lo, é preciso descarregar o capacitor do micro-ondas e substituir o diodo defeituoso por um novo. O encaixe é simples e feito por pressão, sem a necessidade de soldas. Mas não se esqueça: jamais pressione a peça com muita força no encaixe, pois isso pode ocasionar contratempos imediatos ou futuros nos conectores.

4. Conferindo o interior do aparelho

Quando se trata do conserto de micro-ondas, alguns defeitos são tão banais que, muitas vezes, nem precisamos de muito esforço para resolvê-los. Sabe quando você liga o equipamento e nota a presença de pequenas faíscas? Pois é. A gente se assusta e já vai logo pensando que o problema é grave, o que nem sempre é verdade.

Esse defeito pode aparecer simplesmente por conta de restos de comida que ficaram no interior do aparelho e continuam cozinhando entre um uso e outro. Isso vale também para aqueles respingos nas paredes do micro-ondas que, às vezes, nos esquecemos de limpar.

Portanto, fazer uma limpeza completa e regular é o primeiro passo para evitar tal tipo de problema. Se você leva uma rotina agitada e não sobra muito tempo para cuidar desses detalhes, não hesite em contratar uma diarista para ajudar naqueles dias de faxina completa. Com uma higienização regular, certamente a vida útil de seus eletrodomésticos será preservada.

profissionais de elétrica, eletricista, triider

5. Trocando a lâmpada

A troca de lâmpadas não tem segredo. Como dissemos no início deste artigo, esse nem é considerado propriamente um defeito. Se a peça queimou, mas o micro-ondas funciona normalmente, basta trocá-la para facilitar a usabilidade do aparelho. Para tanto, adquira uma nova lâmpada em uma loja especializada e siga o passo a passo abaixo:

  • desligue o micro-ondas da tomada ou a caixa de energia;
  • localize os parafusos no painel de ventilação e remova-os;
  • retire o painel e identifique a caixa de iluminação;
  • remova a tampa da caixa e realize a troca da lâmpada;
  • recoloque a tampa e os parafusos;
  • religue o micro-ondas na tomada e teste o aparelho normalmente.

Sem dúvida, trocar a lâmpada interna é o tipo de conserto de micro-ondas que qualquer um pode fazer. Nas demais situações, reforçamos a necessidade de contar com um profissional habilitado caso você não esteja apto a fazer o reparo sozinho. Hoje em dia, com os aplicativos de prestação de serviço, ficou fácil encontrar um profissional de qualidade muito mais rápido do que se imagina. Que tal?

Agora que você já viu como consertar micro-ondas, aproveite para saber mais sobre o como consertar de fogão e torne-se um expert em reparos domésticos!

Escreva um comentário