Luminária pendente: confira nossas dicas e faça você mesmo | Triider

A luminária pendente, aquela que fica com os fios aparentes, virou moda na decoração e continua sendo uma tendência. Se a princípio ela começou básica (simplesmente a lâmpada e o fio à mostra), agora ela vem ganhando toques personalizados para se adaptar aos diferentes gostos e estilos decorativos.

Se você quer incorporar essa ideia em sua casa, está no lugar certo! Neste post, apresentamos algumas orientações para elaborar sua própria luminária pendente. Selecionamos materiais fáceis de manusear e que dão charme aos ambientes.

Veja abaixo o que você vai precisar usar, confira o passo a passo de cada uma das opções e saiba como combiná-las com os diferentes cômodos da casa. Boa leitura!

A rusticidade da madeira

A madeira é o material mais indicado para confeccionar uma luminária pendente rústica. Por ser uma matéria-prima natural e remeter ao campo, cai bem usá-la se sua casa tiver uma decoração mais simples e contar com detalhes como flores e plantas, tecidos orgânicos em mantas, almofadas e tapetes, além de cores neutras nos móveis e paredes.

Usar galhos é uma maneira de evidenciar a forma natural da madeira, por isso, sugerimos confeccionar a luminária pendente com os seguintes materiais:

  • galho(s) seco(s);
  • fio elétrico com soquete para lâmpada e conector para tomada (também chamado de fio para pendente ou cabo para pendente);
  • lâmpada led;
  • vaso, terra e pedras para apoiar o(s) galho(s).

O passo a passo para fazer essa luminária é:

  • verifique se o galho está bem seco e livre de cupim;
  • acomode o galho no vaso enchendo o recipiente com terra e pedras decorativas, garantindo que deem firmeza ao pedaço de madeira;
  • encaixe a lâmpada no soquete do fio elétrico e enrole o fio pelo galho, de modo que a extremidade com a lâmpada fique pendente;
  • conecte à tomada e pronto!

Caso você compre um fio branco, tem a opção de personalizá-lo, pintando-o com tinta spray da cor que preferir. Se o ambiente em que for usar a luminária tiver cores mais neutras nas paredes, vale a pena investir em uma cor chamativa no fio, como laranja ou vermelho, para criar um ponto de contraste.

Essa luminária é ideal para cantos, pois funciona como um abajur. Assim, ela pode ser colocada junto a uma poltrona na sala de estar ou em um cômodo que sirva de escritório ou sala de estudos.

Em luminárias pendentes feitas com madeira, é importante usar uma lâmpada que não esquente, do contrário, podem acontecer incêndios. Assim, dê preferência à luz de LED, que, além de fria, é mais econômica e duradoura.

O impacto do metal

Outro material de fácil acesso e que permite criar luminárias estilosas é o metal. Por ter um aspecto mais pesado, ele é bem mais chamativo que a madeira, por exemplo, e transmite uma sensação mais urbana e despojada.

A sugestão para a luminária pendente de metal é usar latas de alumínio. Esse recipiente, muitas vezes, já tem um estilo próprio devido às estampas e cores usadas nas latas, assim, dá para aproveitá-las sem precisar fazer muitas alterações.

As latas de cerveja, por exemplo, com suas letras garrafais, combinam bastante com ambientes como a cozinha ou um salão de jogos. Outras latas que costumam trazer desenhos bonitos são as de azeite de oliva (algumas contas com estampas que lembram pinturas, com um ar mais romântico e bucólico).

Independentemente de qual lata escolher, sugerimos que você faça a luminária usando:

  • latas de alumínio;
  • furadeira;
  • lâmpada led;
  • fio elétrico com soquete para lâmpada e cúpula para o teto.

O passo a passo é muito simples:

  • fure o fundo das latas em uma grossura suficiente para passar o fio;
  • desmonte o soquete, passe o fio pela lata e remonte;
  • instale a luminária no teto e ligue a lâmpada.

Como o alumínio vai limitar a saída de luz, você pode usar a furadeira para criar furinhos ao longo da lata, assim, a luminária clareia mais. Os furos podem ser feitos de maneira a criar uma forma ou até mesmo acompanhar alguma palavra estampada nesse recipiente.

As luminárias de lata, como já dissemos, têm tudo a ver com ambientes relacionados às refeições, por isso, vale usar esse pendente na sala de jantar (iluminando a mesa), acima do balcão da cozinha, na área de churrasco ou na varanda gourmet.

A facilidade do PVC

O PVC é o material usado nos encanamentos das casas. Ter acesso a esse produto é bem fácil, já que estão disponíveis em qualquer loja de construção. Você pode até ter algum pedaço em casa que tenha sobrado de alguma reforma.

A forma arredondada do cano lembra lustres de acrílico encontrados no mercado, mas a vantagem é que o PVC sai mais em conta e pode ser customizado. A proposta para a luminária pendente com esse material é revesti-lo com tecido ou pintá-lo.

Como o tecido (ou a tinta) a ser usado vai de acordo com o gosto de cada um, a luminária de PVC acaba sendo uma opção que combina com qualquer decoração, basta ter bom gosto na hora de escolher seus materiais para que ornem com o estilo do cômodo.

Os materiais para esse tipo de luminária pendente são:

  • cano de PVC;
  • toco de madeira da largura interna do cano;
  • fio elétrico com cúpula para o teto;
  • soquete;
  • lâmpada;
  • parafuso para madeira;
  • tecido, tesoura, cola e pincel (ou tinta) para decorar.

O procedimento é um pouco mais trabalhoso, mas não é impossível:

  • faça duas pontas com o fio de modo a enrolá-lo no pedaço de madeira, instale o soquete e parafuse-o na madeira;
  • parafuse o toco pelos dois lados no cano de PVC, de modo que ele fique por dentro do cano;
  • decore colando no PVC o tecido que escolher (ou pintando), corte o excesso e deixe uma sobra para dar acabamento colando o tecido por dentro do cano;
  • espere secar e instale a luminária no teto.

Como dissemos, a luminária customizada de PVC vai ficar ao seu gosto e pode ser usada em qualquer cômodo, mas o tamanho do cano será um fator decisivo: se ele ficar muito longo, por exemplo, é melhor que a luminária seja colocada em um ambiente com o teto mais alto, como varandas externas ou sala de estar.

Cuidados ao instalar a luminária pendente

Confeccionar as luminárias com os materiais sugeridos talvez não seja problema para você. Mas na hora de mexer com a fiação e instalá-las no teto, bate uma insegurança, não é mesmo?

É por isso que o ideal é contar com a ajuda de um eletricista para instalar qualquer equipamento na rede elétrica. Esse prestador de serviços conhece o funcionamento desses aparelhos, então, é melhor contratá-lo e garantir um trabalho bem-feito do que se arriscar e enfrentar problemas como choques ou curtos-circuitos.

Inspirou-se com alguma ideia de luminária pendente apresentada neste texto? Então, coloque a mão na massa e personalize a iluminação da sua casa.

E não deixe de espalhar este post pelas redes sociais para as pessoas que gostam de dicas e tutoriais de decoração!

Escreva um comentário