Como organizar mudança: veja 14 dicas de mudança residencial | Triider

Quer saber como organizar uma mudança? Confira o texto e veja 14 dicas que vão te ajudar muito!

Você escolheu a casa nova e está ansioso para realizar a mudança e iniciar uma outra fase em sua vida. A grande questão é saber como se manter organizado durante a mudança residencial. Sabemos o quão trabalhoso pode ser esse processo sem os devidos cuidados.

Neste artigo, mostramos a você dicas de mudança residencial que evitarão dores de cabeça e farão toda diferença. Acompanhe!

Como organizar uma mudança residencial

Para que a mudança residencial ocorra de forma tranquila e sem contratempos, a organização começa muito antes do dia do transporte dos móveis. Planejamento é essencial para evitar transtornos desnecessários.

Cerca de um mês antes, defina as datas para contratação de pessoal para mudança, desligamento de energia elétrica, alteração do endereço para correspondências, dentre outros. Além disso, agende as folgas no trabalho para estar presente no dia, defina a data e faça orçamentos para o serviço de transporte.

Antes da mudança

1. Organize o empacotamento

empacotamento, mudança, frete, empacotar caixas de mudanças

Essa com certeza é a parte mais cansativa, porém, não permita que esse processo seja desorganizado. Você se sentirá agradecido por não ter feito de forma apressada e sem cuidado. E acredite, esse é um ponto quase que estratégico na hora de organizar a mudança.

Tenha em mãos muitas caixas de papelão. Lojas e supermercados sempre têm caixas de papelão para reciclagem. Nesses lugares, você pode conseguir todas que precisa. A parte positiva desse momento é poder separar objetos para doação — itens que estão guardados há algum tempo e você já não se lembra mais. Feito isso, tenha em mãos caneta para etiquetar todas as caixas e fita crepe para selá-las.

O ideal é fazer o empacotamento cômodo a cômodo. Dessa forma, você saberá onde deve ficar cada caixa na nova casa e não acumulará tantos volumes em um só lugar na casa antiga. Descreva na etiqueta o que vai dentro de cada caixa, e nada de “objetos do armário”. Imprevistos acontecem e às vezes, antes da mudança, você pode precisar de um objeto importante que não deixou do lado de fora e não faz ideia de onde esteja.

2. Faça alças nas caixas

Carregar caixas pesadas sem jeito e com o risco de cair nunca mais! Para maior praticidade e rapidez no carregamento use essa dica em todas as caixas de papelão, inclusive nas mais pesadas. Com um estilete faça uma abertura nas laterais da caixa em forma de triângulo invertido ou redonda, para caber suas mãos. Assim você terá firmeza ao carregar as caixas de um lado para o outro.

3. Use sacos de lixo

Outra forma de ter praticidade na hora da mudança residencial é não usar caixas de papelão para tudo. Algo simples, rápido e que funciona muito bem é usar sacos de lixo para itens leves ou de tecidos como travesseiros, bichos de pelúcia, cobertores, almofadas e lençóis.

Sacos de lixo são resistentes e você não terá dificuldades em carregá-los, uma vez que estão leves devido ao que vai dentro. Use-os à vontade! Você também pode usar alguns desses lençóis, toalhas e cobertores para envolver itens de vidro antes de colocá-los na caixa. Com certeza haverá mais segurança e a probabilidade de quebrar as peças será muito pequena.

4. Tire fotos dos cabos e suas conexões

mudança residencial, mudança residencial organizada

Na hora de desligar computadores, TV, aparelho de som e qualquer outro eletroeletrônico da casa, tire fotos de todos os conectores dos fios. São muitos aparelhos e por diversas vezes os cabos são muito parecidos. Tirar foto de onde estava conectado cada cabo facilitará e muito reconectá-los depois.

5. Meça os móveis e pontos principais da casa nova

Se você adorou o espaço que tem na sua nova casa ou apartamento e já pensou onde cada item vai ficar, meça tudo! Você pode imaginar um sofá ou uma estante em certos locais, mas as medidas exatas farão com que você não se preocupe se algo vai caber ou não.

Meça até mesmo as entradas para saber eventualmente quais móveis podem não passar por algumas portas. Uma boa dica é marcar com fita crepe o local onde colocará cada móvel. Dessa forma, os carregadores saberão exatamente onde pôr os variados itens da casa, de uma forma organizada.

6. Avise as pessoas sobre a correspondência

mudança de endereço, mudança residencial

Algo que geralmente é esquecido por muitos na hora da mudança residencial é a comunicação sobre a mudança de endereço. Parece simples e um pouco insignificante, porém, desprezar esse ponto pode trazer vários aborrecimentos.

Cartões, faturas e correspondências do seu banco, plano de saúde, dentre outros, podem ficar parados por algum tempo na sua antiga caixa de correio, obrigando-lhe a emitir segunda via de várias contas e até mesmo pagar multa por atrasos.

Não deixe para depois! Avise ao seu banco e demais estabelecimentos que enviam correspondência de maneira periódica. Você vai notar como é muito confortável já receber seus documentos no novo lar sem se estressar com isso antes.

7. Entenda a diferença entre frete e transportadora

mudança residencial, mudança residencial organizada

Pode até ser que dê para fazer o transporte de tudo por conta própria. Mas, além do veículo adequado para isso, é preciso ter tempo de sobra e muita disposição física. Como sabemos que esses são artigos de luxo no nosso cotidiano corrido, o melhor a fazer é deixar tudo nas mãos de quem realmente entende do assunto: transportadoras e serviços de frete especializados em mudanças.

Na hora de realizar a mudança residencial é importante definir de que forma serão transportados seus preciosos bens. Comumente usamos o termo frete para mudanças, mas você sabe o que significa?

Fretes são mudanças de baixo custo de pequenas cargas para localidades no mesmo município ou cidades vizinhas. O frete tem ajudantes para o carregamento do caminhão, que podem variar de uma a duas pessoas. O valor é ajustado previamente e o empacotamento dos itens e demais organizações fica a cargo do contratante.

Há também as transportadoras que realizam desde pequenas mudanças entre locais próximos até grandes mudanças residenciais entre estados. Esse tipo de transportadora tem a comodidade de disponibilizar pessoal para o empacotamento de todos os itens com o seu carregamento ao caminhão de mudança.

Nesse caso, o único trabalho do contratante será direcionar as caixas e informar, de acordo com a descrição das etiquetas, o que é mais sensível ou não. Um ponto a ser ponderado é que, diferentemente do frete, esse tipo de transporte será de valor bem mais alto. E tudo depende se você vai querer terceirizar o serviço de embalar as suas coisas.

8. Solicite o desligamento de serviços

mudança residencial, mudança residencial organizada

Água, luz, telefone, assinaturas de revistas… Tudo isso deve ser cancelado com antecedência antes de se mudar de casa, já que a maioria das empresas responsáveis por essas demandas pedem um prazo para realizar os cortes e religar as instalações na casa nova.

Quanto às assinaturas e demais papeladas vindas pelo correio, não tem segredo: basta alterar o endereço de envios e cobranças junto aos responsáveis pelo serviço. Geralmente, é possível resolver essas pendências pelo telefone.

9. Realize os reparos necessários

mudança residencial, mudança residencial organizada

Por último, mas não menos importante: faça todos os reparos necessários na casa nova antes da mudança. Afinal, a essa altura do campeonato, você já fez a vistoria do apartamento e sabe ao certo todos os serviços que precisam ser reparados. Então não tem desculpa!

Até porque ninguém quer chegar na casa nova e perceber que as instalações estão inutilizadas por conta de defeito, não é mesmo? Então: notou uma infiltração? Chame o encanador. Precisa reparar o circuito elétrico? Procure um eletricista. Quer adiantar o processo e deixar o mobiliário montado? Conte com um profissional para montar os móveis.

E nem pense que isso dá trabalho, pois foi-se o tempo. Hoje em dia, com os aplicativos de prestação de serviços ao alcance de um clique, ficou muito fácil encontrar profissionais competentes e compromissados para realizar esse tipo de reparo com rapidez, eficiência e segurança.

Serviços durante a mudança

10. Conte com a ajuda de amigos e familiares

mudança residencial, como organizar mudança

Quer agilizar ainda mais a mudança? Então não deixe tudo a cargo dos funcionários do frete. Ponha a mão na massa junto com eles. Se necessário, chame amigos e familiares para ajudar no carregamento e descarregamento dos itens.

Nessas horas, toda ajuda é bem-vinda. E sempre há alguém disposto a dar uma mãozinha. Ainda mais se você agradecê-los com um belo open house depois. Já pensou?

11. Faça uma ronda antes de fechar a casa

mudança residencial, como fazer mudança
Foto: Philipp Berndt

Dar aquela ronda geral pelo antigo apê no dia da mudança é essencial para garantir que nada está ficando para trás. A gente sabe que a pressa e a euforia de se mudar logo são grandes. Mas vale esse cuidado extra. São minutinhos preciosos para se certificar de que não está esquecendo nada importante.

Então, assim que a bagagem estiver toda acomodada no caminhão de mudança, dê aquela olhada final por todos os cômodos, incluindo os cantos menos usuais, como garagem, sótão, porão e quintal. Agora pode seguir viagem!

Serviços após a mudança

Estamos quase lá! E nada pode ser mais energizante do que sentir o cheirinho de casa nova. Mas, sabendo que esse é um processo exaustivo e que costuma durar um dia inteiro, reforçaremos alguns cuidados que você precisa ter para garantir seu conforto e bem-estar na primeira semana no apê.

12. Vá ao supermercado e abasteça a geladeira

mudança residencial, como organizar mudança

É muito comum que, durante o processo de mudança, a gente evite fazer compras muito grandes para não desperdiçar alimentos por causa do transporte. Então pode ser que você chegue no novo apê com a geladeira vazia. Descarregar mudança com fome não dá, concorda?

Por isso, antes de começar a tarefa, passe no supermercado mais próximo e reabasteça sua despensa com os produtos básicos do dia a dia. Aproveite o momento para conhecer o bairro e os principais estabelecimentos que estão por perto.

13. Desempacote a bagagem aos poucos

mudança residencial, como fazer mudança

Lembra-se de quando falamos sobre embalar tudo conforme os cômodos da casa? Pois é! Nesse momento você verá a real importância disso. Com todas as caixas etiquetadas conforme o cômodo, fica muito mais fácil desempacotar os objetos de acordo com as suas necessidades.

E nem precisa ter pressa para terminar o serviço de uma só vez. O mais importante nessa hora é pensar nas prioridades, ou seja, em tudo aquilo que deve estar pronto até o final do dia: banheiros, roupas de cama, utensílios de cozinha, entre outros.

14. Contrate montadores e instaladores

como organizar mudança, mudança residencial

Mobiliário e equipamentos, como ar-condicionado, devem ser priorizados nessa etapa. Até porque não dá para você guardar as suas coisas se os móveis não estiverem devidamente montados, não é mesmo? Sobre a climatização do apartamento, quanto mais rápido você deixar tudo instalado, melhor será o seu conforto. Então, não perca tempo: pegue o seu celular e chame um profissional pelo aplicativo para fazer todas as instalações necessárias.

Você já sabe, mas não custa reforçar: jamais tente fazer esse tipo de instalação sozinho. Contar com profissionais habilitados faz toda a diferença na qualidade e segurança do serviço prestado, já que eles estão cientes de todas as particularidades técnicas de cada tipo de equipamento.

Se for preciso, considere também contratar uma diarista para lhe ajudar a deixar tudo impecável na casa nova, desde os serviços de limpeza à organização dos objetos para a mudança residencial. Dessa forma, você evita o cansaço excessivo e verá tudo em seu devido lugar muito antes do que imagina.

Agora que você tem o checklist completo para organizar a sua mudança residencial, comece os preparativos para realizá-la de uma maneira segura e prática. E não deixe de compartilhar essas dicas de organização com os seus amigos!

Quer saber mais sobre este e outros assuntos? Então nos acompanhe nas redes sociais e assine a nossa newsletter para receber novos conteúdos em primeira mão.

1 Comment

  1. Parabéns pelo blog! ótimas dicas, uma mudança residencial sem uma devida organização pode se tornar um desastre, seguindo passos e organizando os itens pode ficar muito mais tranquilo, obrigado pelas dicas!

Escreva um comentário