Search

Eletricista autônomo: confira o guia com 10 dicas para o sucesso!

Quer começar sua carreira como eletricista autônomo, mas ainda possui dúvidas? Seus problemas acabaram! Aqui está um guia que te trará muita prosperidade e sucesso nessa empreitada. 

O que faz o eletricista autônomo?

Um eletricista autônomo é responsável por gerenciar seu próprio negócio, realizando instalações, reparos e manutenções elétricas de maneira independente. Entenda um pouco mais sobre os serviços de um eletricista autônomo:

Instalação e manutenção elétrica 

A instalação elétrica abrange a montagem e criação de sistemas elétricos em equipamentos ou edifícios, o que inclui fiações, dispositivos e painéis.

Já a manutenção elétrica envolve inspeções, reparos e substituições dos sistemas elétricos previamente instalados, com o intuito de garantir o funcionamento eficaz e seguro dos mesmos. 

Instalação de iluminação 

Montagem de circuitos, luminárias e controles fazem parte do trabalho de instalação de iluminação realizada por um eletricista autônomo, a fim de proporcionar um ambiente bem iluminado. Esse tipo de trabalho também demanda manutenções para assegurar o funcionamento eficiente do sistema. 

Diagnóstico de falhas elétricas

A identificação e a correção de problemas elétricos estão envolvidas no diagnóstico de falhas elétricas realizado por um eletricista autônomo. Nesses processos, estão incluídas a medição de voltagens e correntes, análise de circuitos e inspeção de componentes, que são feitos para identificar falhas como curto-circuitos ou mau funcionamento de dispositivos. 

Ao diagnosticar a falha, o eletricista autônomo pode fazer substituições e reparos necessários para restabelecer o sistema elétrico da maneira adequada.

Reparo e substituição de disjuntores

Os reparos e substituições de disjuntores incluem a identificação de disjuntores defeituosos, a resolução de problemas elétricos decorrentes do defeito e a dos equipamentos, a fim de certificar a segurança e o funcionamento correto do sistema elétrico.

Outros serviços de eletricista:

Eletricistas autônomos possuem um amplo leque de funções, como:

  • Instalação de quadros de distribuição;
  • Instalação de ventiladores de teto;
  • Instalação de sistemas de segurança elétrica;
  • Consultoria em economia de energia;
  • Serviços de emergência.

Quais são as principais ferramentas de um eletricista?

As ferramentas são os alicerces essenciais à profissão de um eletricista. Algumas delas são:

Chaves de fenda e chaves Phillips

São utilizadas para soltar ou apertar parafusos em quadros de distribuição e dispositivos elétricos.

Alicates

Alicates de corte, alicates universais e alicates de bico são fundamentais para lidar com fios e conexões.

Fita isolante

Utilizada para garantir a segurança elétrica em conexões, ao isolar os fios.

Multímetro

Feito para auxiliar no diagnóstico de problemas elétricos, ao medir corrente, resistência e voltagem.

Chave de teste de voltagem

Verifica se um circuito está energizado, garantindo a segurança durante intervenções.

Testador de voltagem sem contato

Funciona para detectar a presença de voltagem sem ser necessário o contato físico, o que aumenta 

segurança durante as inspeções.

Brocas e parafusadeira

Essenciais para instalar dispositivos elétricos e fixar tomadas e caixas.

Lanterna

Ideal para fornecer iluminação no local de trabalho do eletricista.

Nível de bolha e trena

Garante a instalação adequada dos dispositivos elétricos e a distribuição correta de conduítes.

Ferramentas de crimpagem 

Feitas para fixar terminais e conectores em cabos elétricos.

Serra-copo para metal

Usada para criar aberturas em caixas de distribuição e painéis elétricos.

Ferramentas de dobra e conduítes

Utilizadas para curvar e moldar tubos metálicos que são usados em instalações elétricas.

Fotos: Pexels

Como e quanto cobrar por um serviço de eletricista?

Para que um eletricista autônomo determine a precificação de seus serviços com efetividade, ele pode levar em consideração alguns pontos para definir a taxa, como o tipo e complexidade do trabalho a ser prestado, o custo dos materiais que serão utilizados, as despesas operacionais, a localização geográfica, a experiência e qualificação do prestador, os preços praticados pela concorrência e os custos de vida da região onde mora.

Ser transparente com seus clientes sobre como é feita a estrutura dos preços é importante. Também existem opções de cobrar por hora, por projeto ou um combo dos dois. É de bom tom fornecer uma estimativa detalhada antes de começar os trabalhos, certo?

Como trabalhar de eletricista autônomo?

1. Tenha qualificação e capacitação profissional

A qualificação e capacitação são indispensáveis para os eletricistas, pois asseguram os conhecimentos técnicos sobre os serviços que serão prestados, as habilidades práticas e a conformidade com normas regulatórias, o que passa credibilidade, promove a confiança dos clientes e reduz os riscos de acidentes elétricos.

2. Tenha experiência na área

Através da experiência, novas habilidades são desenvolvidas e um entendimento prático dos desafios comuns da função de eletricista autônomo é proporcionado. O conhecimento técnico é aperfeiçoado e há o aprimoramento do trabalho, o que resulta em um serviço de alta qualidade e que passa confiança aos clientes.

3. Saiba fazer orçamentos

Saber fazer orçamentos é muito importante para os eletricistas autônomos, pois isso permite uma gestão eficiente do negócio, ao estimar custos com precisão para os clientes. Orçamentos bem estruturados conquistam a confiança dos clientes e ajudam você a se destacar no seu mercado.

4. Formalize seu trabalho

Formalizar o trabalho oferece proteção aos clientes e também a você, profissional, além de gerar credibilidade, estabelecer uma base legal e permitir o acesso a benefícios como seguro de saúde, previdência social e crédito para investimentos.

5. Tenha um atendimento profissional

A postura profissional é importantíssima para a construção de uma imagem sólida no mercado, pois gera um diferencial ao eletricista autônomo e gera novas oportunidades de negócios. Um atendimento polido e transparente contribui para a satisfação do cliente e oferece como resultado a fidelização e recomendações.

6. Ofereça várias opções de pagamento

Oferecer várias opções de pagamento torna o serviço mais acessível e amplia a sua clientela, por facilitar a transação financeira. Além disso, há a demonstração de flexibilidade e profissionalismo do eletricista autônomo.

7. Use equipamentos de segurança

Utilizar equipamentos de segurança é crucial para a proteção contra riscos elétricos e acidentes mais graves. Luvas isolantes, capacetes, calçados apropriados e óculos de proteção reduzem o perigo de lesões, queimaduras e choques elétricos. Além disso, o uso desses equipamentos fortalece a sua reputação como profissional, pois mostra um serviço de responsabilidade.

8. Utilize ferramentas de qualidade

Ferramentas de qualidade desempenham um ótimo papel no serviço de um eletricista autônomo, pois oferecem mais precisão nas tarefas e resultam em instalações mais confiáveis e duradouras. 

9. Use a internet a seu favor

A internet pode ser um dos principais aliados na divulgação dos serviços de um eletricista autônomo. Além de facilitar a comunicação com os clientes e obter avaliações do seu serviço, ela é um meio de promover trabalhos através de redes sociais e plataformas, atraindo novas conexões e construindo uma reputação sólida no mercado.

10. Faça seu cadastro no Triider!

A nossa plataforma é especialista em conectar clientes exigentes a profissionais qualificados. Aqui, você terá acesso a milhares de oportunidades de negócio em seu ramo de atuação!

campo de cadastro no site do triider

Essas foram as 10 dicas de ouro para você que deseja começar a trabalhar como eletricista autônomo e ainda não sabe por onde iniciar esse projeto.

Cadastre-se agora no Triider e tenha uma visibilidade maior em seus serviços. A oportunidade de fazer o seu trabalho alavancar está aqui!

Leia também:
  • Como cobrar serviço de eletricista? Aprenda a calcular!
  • Contrato de Prestação de Serviços de Eletricista: saiba como fazer!
  • Como ser eletricista? Saiba por onde começar!
  • Como conseguir vagas de eletricista autônomo? Confira as melhores dicas
  • Instalações elétricas residenciais: quais são as mais procuradas?
  • Cursos para eletricistas: conheça e trabalhe de forma autônoma
  • POSTS RELACIONADOS

    No Triider você contrata os melhores profissionais do mercado de manutenção e reforma! A nossa plataforma oferece Central de Ajuda e garantia para todos os serviços contratados. São mais de 50 tipos de serviços!

    Se você precisar de ajuda para resolver algum problema ou realizar algum projeto, conte com a gente!

    Abraçamos os seus projetos! #Triider

    Baixe nosso aplicativo para contratar profissionais em Porto Alegre, Curitiba, Belo Horizonte, Brasília e São Paulo!