3 dicas de marketing que aprendemos na 500 Startups | Triider

O Bootcamp de Marketing & Sales aconteceu nos dias 19 e 20 de fevereiro

Tivemos a oportunidade e a felicidade de ser selecionados para o Bootcamp de Marketing & Sales da 500 Startups, que aconteceu durante dois dias, em Miami. O evento de mentoria, realizado por uma das maiores aceleradoras do mundo, teve a participação de startups dos Estados Unidos, Colômbia e Brasil – representado por nós.

Além da experiência de troca com outros empreendedores, pudemos aprender com especialistas através de palestras e horários de mentoria. Voltamos para casa com a bagagem cheia de ideias e a tarefa de pôr em prática os ensinamentos que tivemos nas áreas de comunicação, marketing e vendas. E queremos compartilhar um pouco do que vimos por lá.

3 dicas de marketing que aprendemos no Bootcamp de Marketing & Sales da 500 Startups

Customer Centric

Marketing não é sobre como você quer que a sua empresa seja vista pelo usuário. Antes de iniciar qualquer campanha ou dedicar tempo e investimento em marketing, saiba com quem você está falando e como essa pessoa percebe o seu produto/serviço. Você precisa entender o seu público, conversar frequentemente com a sua buyer persona para coletar os feedbacks corretos e resolver a sua dor de maneira funcional, social e emocional. Faça as perguntas certas e não deixe de questionar o seu cliente sobre aspectos que põem em risco o seu negócio, como: qual é o principal valor que você vê no meu concorrente? Como foi a sua experiência quando você deixou de usar o meu produto para usar o produto x ou y?

Retenção de clientes

Atualmente, o CAC está 60% mais alto. A concorrência é muito grande e dividimos atenção com milhares de marcas. Para tornar reduzir o investimento de marketing e torná-lo mais efeito, aposte em engajar quem já é seu cliente. Crie programas de fidelidade, pergunte o que o seu cliente gostaria de ver no seu negócio, estimule-o a falar para seus amigos e conhecidos sobre o seu negócio.

Benefício antes da tecnologia

Todos nós (empreendedores) sabemos o quão difícil é o desenvolvimento de um negócio. Conhecemos os processos burocráticos e escolhemos a tecnologia que usamos para sanar a dor dos nossos clientes. Mas não é isso que promove a identificação com o produto. O cliente precisa se ver na situação do problema, precisa olhar (ler, encontrar) uma descrição que use palavras do seu dia a dia e que o faça lembrar a dor e perceber como o nosso produto pode facilitar a sua rotina. Use a tecnologia para vender a sua empresa, para captar investimentos ou para contratar um bom colaborador. Não para aquisição de novos clientes.

Em resumo, os mentores afirmaram que antes de tentar entregar um produto com ótima implementação técnica ou desenhar uma estratégia de marketing utilizando como referência o que outras empresas fizeram, conheça o seu cliente. Entregue algo que gere valor real para as pessoas e continue aprimorando o produto/serviço para atender quem reconhece o benefício que você entrega. Tenha foco em adquirir novos clientes, mas não deixe de assistir e fidelizar quem já está com você.

“People don’t buy products. They buy a better version of themselves” – Samuel Hulick

Sobre o modelo de evento: os bootcamps da 500 Startups acontecem ao longo do ano e cada edição trata de um assunto específico, abrangendo todas as áreas do negócio. Todos os eventos são voltados para trazer conhecimento de mercado para que os empreendedores possam escalar suas startups com dicas de quem escuta e orienta diariamente startups dos mais diversos modelos de negócios e de todos os lugares do mundo.

Escreva um comentário